Entre os dias 15 e 18 de junho, em Belo Horizonte-MG ,militantes do Coletivo Feminista Classista Ana Montenegro de todo o país que também constroem a UJC e o MUP (Movimento Universidade Popular) participaram do 55° Congresso da UNE .

A União da Juventude Comunista ,organização que comemora  os 90 anos de sua fundação em 01 de agosto,é a  juventude mais antiga do Brasil  e das principais fundadoras da União Nacional dos Estudantes,  e teve uma organizada e  expressiva participação nesse congresso,apresentando a tese: Ousar Lutar por uma Universidade Popular ,compôs a chapa de oposição de esquerda na plenária final que elege a diretoria da próxima gestão .

“A União da Juventude Comunista se orgulha em ser a principal organização fundadora da UNE e, nos 80 anos de vida dessa histórica entidade do Movimento Estudantil brasileiro, a UJC sempre esteve presente nas grandes lutas da juventude. Desde a década de 1930 do século passado, sempre procuramos fortalecer e construir uma UNE massiva, pela base, e vinculada a um projeto de educação progressista para os trabalhadores. Infelizmente, a direção majoritária da UNE, hoje, tenta apagar a contribuição dos comunistas na história do movimento estudantil brasileiro.

Mesmo com todas as críticas e divergências, não abandonamos os espaços da UNE. Temos participado, tanto do debate público sobre concepção de movimento estudantil, quanto nas lutas por ele travadas, no sentido de apresentar ao conjunto de militantes que se inserem nesse movimento social, a necessidade de superarmos o que caracterizamos como crise de concepção no ME brasileiro”.Leia a tese completa

Saudamos a UJC.

Ousar lutar, Ousar vencer! 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *