Via Coletivo Feminista Classista Ana Montenegro – Pelotas

Data para marcar a luta e a resistência, o combate ao preconceito e a bifobia que mulheres e homens bissexuais estão sujeitos nessa sociedade.

A data marca também a resistência dentro do movimento LGBT, para fortalecer as pautas próprias desse grupo dentro da luta.

Bissexualidade não é indecisão, não é promiscuidade, não é confusão ou insegurança.

MULHERES E HOMENS BISSEXUAIS EXISTEM E RESISTEM.

Seguimos em luta todos os dias contra o patriarcado, o machismo, a LGBTfobia e essa sociedade que nos oprime. 

Em defesa de todas as formas de amar. 💜💙

#23desetembro #diadavisibilidadebissexual #existimoseresistimos #BiVisibilityDay

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *