O Coletivo Feminista Classista Ana Montenegro expressa, atravĂ©s dessa mensagem, sua solidariedade com o povo e com as mulheres da ColĂŽmbia, mobilizados desde o dia 28 de abril contra a violĂȘncia inerente ao estado capitalista, contra o impopular governo de Ivan Duke.

Estamos ao lado dos que se mobilizam e lutam contra a burguesia e sua caracterĂ­stica de violĂȘncia e repressĂŁo que provocaram a morte de mais de vinte pessoas, centenas de presos e vĂ­timas da violĂȘncia policial.
Apoiamos as justas demandas do povo da ColĂŽmbia que tem experimentado os efeitos da comercialização da SaĂșde por meses, gerando grande nĂșmero de mortos de Covid 19. A crise social e econĂŽmica vem trazendo o povo colombiano para as ruas desde novembro de 2019 (jornadas do 21N), de setembro de 2020 e as iniciadas em 28 de abril com mortes provocadas pelo aparato repressivo do Estado burguĂȘs por causa da reforma tributĂĄria ( que favorece aqueles que concentram todas as riquezas do paĂ­s) estĂŁo protestando porque estĂŁo com fome, porque estĂŁo vendo o sistema de saĂșde sendo privatizado assim como o cotidiano descumprimento do Acordo de Paz assassinando centenas daqueles que o firmaram.

Estamos ao lado do povo colombiano exigindo o fim da violĂȘncia estatal dos esquadrĂ”es da morte que matam militantes, 80 em 2021 e mais de 1150 desde 2016 quando foi assinado o chamado Acordo de Paz, contra o desaparecimento e massacre daqueles que estĂŁo nas ruas lutando contra a precarização da vida dos trabalhadores.

BASTA DE VIOLÊNCIA CONTRA O POVO! Todo poder ao mesmo! Ousar lutar, ousar vencer!

Coletivo Feminista Classista Ana Montenegro